quinta-feira, 15 de outubro de 2009

O cristão e a cultura


Amanhã irei a um acampamento. É o retiro anual da juventude da igreja onde ministro. Um grupo bem bacana, cerca de 70 jovens. Vamos ficar num sítio de sexta até domingo. Serei o preletor e conto com as preces de todos! Vou falar sobre o tema "Como então viveremos? A relação do cristão e a cultura a seu redor."
Depois de uma palestra curta introdutória, vou buscar mostrar duas formas muito comuns porém incorretas de viver:
1 - O camaleão - Assume a forma da cultura ao seu redor e deixa de ser uma influência, perdendo a relevancia. É como o sal que se torna insípido (ver Mateus 5). O sal tem a dupla função de preservar a carne para que não apodreça e de dar sabor à comida. Jesus explicou que nós somos o sal da terra. Se agimos como camaleões, acabamos por nos tornar sal insípido. Não seremos mais fatores de preservação e nem de sabor.
2 - O porco-espinho - Se esconde e se protege de qualquer influência externa. Evita contato com qualquer tipo de elemento cultural. Continuando o texto de Mateus 5, torna-se a luz escondida. Jesus disse que nós somos a luz do mundo. A candeia não serve pra nada se for escondida.

A última palestra vai tratar de como então viver. Sal da terra e luz do mundo.
Devemos viver com a mentalidade de embaixadores do reino. Somos representantes de nosso Senhor e devemos viver onde ele nos colocou. Aqui devemos conhecer, influenciar e viver na cultura. Mas sem esquecermos de onde somos, que temos padrões que são estrangeiros e que por vezes não "batem" com a cultura em que vivemos. Vivemos aqui na Terra, mas com um olho no futuro, sabendo que vamos mudar para o país ao qual pertencemos verdadeiramente. Enquanto isso nos esforçamos para que nosso país conheça a paz e buscamos cidadãos que aceitem a livre oferta de Jesus: "Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarregados e eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim porque sou manso e humilde de coração, e achareis descanso para vossa alma. Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve." Mateus 11:28
Não demore.

3 comentários:

Cristina Santos disse...

Reverendo:

Estou orando para que a glória do Pai invada o espaço e que anjos acampem ao redor,conforme a Palavra, livrando-os de todo o mal.

Conte o resultado. Fico no aguardo.

Cristina

Anônimo disse...

Aqui,agora,pensando e orando para que tenham muitos bons,divertidos e abençoados momentos,querido.Excelentes ilustrações!Conte-nos depois como foi,tá,filho?

Emilio Garofalo disse...

E não esqueça de contar tudo como foi lá... Beijos