quinta-feira, 7 de maio de 2009

Calvino e Jesus

Lendo hoje um artigo de Sinclair Ferguson acerca de Calvino (este ano comemora-se o aniversario de 500 anos da fera) encontrie um belo trecho das Institutas que resolvi colocar aqui. Ferguson explica como para Calvino o centro do evangelho é Cristo, o que parece óbvio mas muitas vezes é deixado de lado pelas pessoas.


Aqui esta o que Calvino escreveu:

" Vemos que toda nossa salvação e suas partes são compreendidas em Cristo (Atos 4:12). Devemos então cuidar para não buscar qualquer a menor parte em qualquer outro lugar. Se buscamos salvação, nos é ensinado que pelo próprio nome de Jesus que ela vem dele.
Se buscamos quaisquer dons do Espírito, os encontramos na sua unção. Se buscamos força, ela está em seu domínio; se pureza, em sua concepção, se gentileza, ela aparece em seu nascimento, se buscamos redenção, ela está em sua paixão; se acerto de contas, na sua condenação, se remissão da maldição, na sua cruz; se satisfação, em seu sacrifício; se purificação, em seu sangue; se reconciliação, em sua descida ao inferno; se mortificação da carne, em sua tumba; se novidade de vida, em sua ressurreição; se imortalidade, também; se a heranca do reino celeste, em sua entrada no céu; se proteção, se segurança, se suprimento abundante de todas as bençãos, em seu reino; se expectativa sem temor do julgamento, no poder dado a ele para julgar." Institutas 2.16.19

2 comentários:

Breno Macedo disse...

Grande reverendo.
É sempre bom lembrar de princípios teológicos como esse. Sem falar que nos leva a desejar conhecer o que Calvino pensa "no original". Indo na fonte primária que são suas obras, principalmente as Institutas.

Emilio - Entre dois mundos disse...

Bem dito Breno. Calvino é muito mais fácil, mais gostoso e mais edificante de ler do que as pessoas pensam!