sábado, 17 de abril de 2010

Juntos pelo evangelho parte 1 - Together for the Gospel



Como falei antes estive esta semana num encontro de pastores (e esposas!) que ocorre a cada 2 anos. Chama-se Together for the Gospel (Juntos pelo evangelho). Cerca de 7 mil pessoas se reuniram em Louisville, no Kentucky para o evento.
Foi fabuloso. Três dias de hinos, palestras e muitos, muitos livros. Vou contar só pra causar uma invejinha em meu amigo Breno: cada vez que chegávamos a uma sessão havia uma pilhazinha de 4-6 livros nos esperando. Total de cerca de 25 livros dados por participante! Material de ótima qualidade, selecionado pelos preletores.
O tema esta ano foi "The (unadjusted) Gospel." Uma boa tradução seria "o evangelho sem ajustes."A ideía foi de tratar de como devemos mostrar, proclamar e viver o evangelho e evitar perigos de tentativas (bem-intencionadas ou não) de açucarar o evangelho. Em tese seria para torná-lo mais atrativo, mas os resultados podem ser desastrosos. Na foto abaixo o placo e os preletores.
O primeiro palestrante foi o pastor Mark Dever, de Washington DC. Ele falou sobre como a igreja é a melhor ilustração do evangelho. Falou muito bem sobre o ensinamento bíblico da igreja como um local para os redimidos, para os que são pecadores e que vêm com as mãos vazias para receber o que o Senhor oferece de graça. Mostrou ainda a questão de como a igreja em sua obra, seu amor, seu culto e sua proclamação é a forma que Deus usa para adornar o evangelho.

A seguir falou RC Sproul. Ele não está bem de saúde e não pode viajar até o encontro. Falou pelo telão e tratou dos problemas recentes de parte da igreja que tem negado a fundamental doutrina da justificação pela fé somente. Sproul traçou a origem de tais idéias e de como muitos no mundo evangélico têm tratado tal doutrina com descaso, pondo em risco o próprio evangelho. Sproul alertou quanto a tentativas de fazer um evangelho sintético, que tente agradar a todos e misturar verdade com erro.
A noite falou Al Mohler, diretor do seminário batista ali mesmo em Louisville. Teve uma excelente mensagem sobre as trajetórias que nos levam a fazer ajustes errados no evnagelho. Tratou de modernismo, pós-modernismo, pragmatismo, materialismo ($$$) e vários outros "ismos." Foi muito bom e fechou muito bem o dia cansativo mas encorajador.
Pra terminar quero dizer que amamos a cidade. Delícia, às margens do rio Ohio, é a fronteira entre o sul e o norte do país. Tem um pouco de cada lado e amamos a mistura. Aqui uma foto das pontes sobre o rio Ohio, vista do nosso hotel.
No próximo post falo sobre as outras sessões e sobre a fabulosa música no encontro.

3 comentários:

Ricardo Moura Lopes Coelho disse...

ééé, acho que não é só o tal do Breno que ficou com inveja não... 25!!!livros!!!! No último congreço que fui ganhamos UM, em troca pela entrega de um questionário (senão, NADA de livro), e ainda era um que tava encostado lá na editora...srsrs.

Falando sério. Penso que a grande arma de Satanás em nosso século é usar a igreja contra ela mesma. As portas do inferno tem sido abertas de dentro da "igreja". Penso que não veremos uma luta contra nosso crescimento, mas uma abertura cada vez maior, pelo menos, para aquelas igrejas que são bem ao gosto do freguês.

Isso tem tornado o evangelho em estranhogelho, bem ao estilo pós-moderno. Para aqueles que creem no puro e simples evangelho de 1Co 15, estamos vendo bem porque Paulo disse que tais evangelhos são anátema.

Bênçãos ao amado casal.

Emilio - Entre dois mundos disse...

Hahahahahahaa. Ricardo, vivem usando o velho truque de preencher o questionário para os caras terem seus dados pelo resto da vida e te dão um livro... Ganhamos livros que valeram no total muito mais do que o preço de inscrição!!
Gostei da expressão "estranhogelho"
Como você disse, igreja ao gosto do fregues e o que mais tem. Resultado de uma mentalidade consumidora secular que se tornou parte de nosso meio.

Breno Macedo disse...

Emilião.

Se arrependimento matasse eu já estava era morto!!! Eu deveria ter ido a qualquer custo para esse negócio. Primeiro para dar um beijo no MacArthur, segundo para estar com vocês e por último para ganhar esses livros todos que você ganhou.

Fica para a próxima!